Blogueira literária, apaixonada por livros, filmes, séries e outras coisinhas da cultura nerd. Responsável pelo projeto F.A.L.E. e pela revista Jovem Geek. Autora no Nyah, Spirit e Wattpad. Auxilia na revisão de originais e suporte a autores iniciantes.

21 de mar de 2015

Resenha : O Diário da Princesa

O Diário da PrincesaTítulo: O Diário da Princesa
Série: O Diário da Princesa #1
Autor (a):  Meg Cabot
Editora: Record
Páginas: 288
Gênero : Comédia Romântica, infanto-juvenil

Ao contrário da maioria da séries, onde começo a leitura a partir do primeiro, comecei pelo 5º. Não entendia algumas coisas, mas achei um dos livros mais fascinantes que havia lido. Quando li esse primeiro livro eu já era incondicionalmente apaixonada pela escrita de Meg Cabot e por Mia Thermópolis. Preciso ser sincera em relação a uma coisa : essa resenha não vai conseguir descrever o amor que senti ao ler esse livro pela primeira vez, mas tentarei passar um pouquinho do sentimento.



Alta, tímida, desengonçada, cabelo baguçado, sem nenhum seio. Mia tem 14 anos e se considera uma aberração. Como se já não bastasse seus pequenos problemas, como o fato de estar "levando pau" em álgebra e matemática e ser apaixonada pelo garoto mais popular da escola, que por sinal namora a garota que Mia detesta, ela descobre que é uma princesa. Isso mesmo. Seu pai chega de uma viagem e conta que na verdade não é um político renomado, como Mia acreditou a vida toda, mas é nada mais nada menos que o príncipe de Genóvia. O problema é que ele fez uma cirurgia que fez com que não pudesse mais ter filhos, ou seja, Mia é a única herdeira direta. E a avó de Mia, a assustadora

"Ela vai me dar lições sobre como ser princesa. Eu estou num estado de choque profundo demais para poder escrever. Mais, depois."

Sua melhor amiga, Lilly Moscovitz, apesar de ser super esquisitona e viver focada em fazer manifestações pra ajudar o mundo é um gênio. Ela tem um irmão mais velho, Michael Moscovitz, que também é um gênio. O que faz Mia se achar mais burra ainda. Sua mãe, uma artista plástica, acredita que Mia precisa desabafar mais, e como ela não é de falar muito, resolve dar um diário a ela. E é aí que começa a história : Mia vai falando da sua vida, dos seus problemas, vai desabafando. E já começa com uma coisa tensa : sua mãe ta namorando seu professor. De álgebra.

"Então, o que eu quero saber é o seguinte: se meu pai é um príncipe, por que eu tenho que aprender álgebra?" 

Vocês provavelmente devem ter ouvido falar ou assistido o filme O Diário da Princesa. Ele é totalmente diferente do livro, tem muita mudança. O que aconteceu foi que o filme foi feito antes de publicarem todos os livros da série, que já constam com mais de dez. Mas tem uma coisa muito engraçada em relação a isso. É que a personagem Mia, em um dos seus diários, critica essa adapação haha. Nunca vi isso, sério. Um personagem, num livro,. criticar sua adaptação. Mas até que curti ela, a Anne Hataway mandou muito bem.

"Qual a resposta apropriada ao homem que diz que nos ama? Obrigada. Você é muito gentil.


Eu me identificava muito com esse livro quando tinha meus 14 anos. Tirando o fato da Mia ser princesa e tudo mais, ela passa por situações que muitas adolescentes passam. Eu mesma já tive apaixonites por um "popular" da escola, e tinha certeza que ele era o amor da minha vida e só não tinha percebido ainda rsrs. 

Essa série é muito divertida. É uma leitura fácil que faz você dar risada em incontáveis páginas. Os personagens são incríveis e cativantes, e apesar d enão ir com a cara daqueles que atrapalham a vida da Mia, eu gostei deles. Só um pouquinho. Talvez seja frescura minha, não fui com a cara nem da Lily. Mas até os personagens secundários são fofos. O Michael é tudo de bom, impossível não se apaixonar por ele. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

Sobre Nós

Blog literário criado por Thainá dos Santos e administrado com a colaboração da Emily Araújo.

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *