Blogueira literária, apaixonada por livros, filmes, séries e outras coisinhas da cultura nerd. Responsável pelo projeto F.A.L.E. e pela revista Jovem Geek. Autora no Nyah, Spirit e Wattpad. Auxilia na revisão de originais e suporte a autores iniciantes.

29 de mar de 2015

Papo Literário : Preconceito a Literatura Nacional II

Na estréia da nova coluna do blog, o Papo Literário, comecei com um tema bem polêmico : o Preconceito com a Literatura Nacional. Pra quem perdeu a primeira parte, clique Aqui pra dar uma lidinha. Hoje, quero focar numa coisa que muitas pessoas já me perguntaram : por que não encontramos com frequência livros nacionais? E na realidade, eu não diria que isso é culpa do leitor.


Você não vê com frequencia livros brasileiros sendo divulgados por editoras nem pela mídia. Frequento muitas livrarias e nunca vi um nacional estampado na vitrine. E vou explicar mais sobre o motivo de isso acontecer.

A maioria dos leitores não se interessa por livros nacionais, como eu disse na parte I. Torcem a cara e empinam o nariz, fazendo com que as editoras não publiuem ou não se importem muito com os autores brazucas. Elas, mídia e editoras, gastam a maior grana pra divulgar livros estrangeiros que muitas vezes já faz ucesso lá fora. Ficando por conta do autor brasileiro fazer a própria divulgação.

Isso quando o autor não tem que pagar pra ter seu livro publicado. Eu conto nos dedos de uma mão as editoras que publicam seu livro de graça, sem te cobrar nada. Porque fazer tiragem, imprimir folha custa caro. De duas ou uma, ou a editora te "ajuda" a pagar ou você paga sozinho. E isso faz com que muitos prefiram lançar seus livros sem editora, independente.

André Vianco é um exemplo. A primeira vez que ele publicou um livro foi tudo do bolso dele. Se não me engano, foi a grana do 13º. Aí quando o autor já lançou seu livro sozinho, gastou uma fortuna, passou meses divulgando em páginas, grupos, quando consegue vender muito e já tem fãs, aí sim as editoras crescem o olho. E vem com propostas melhores.

E sabe uando você diz que leu um livro nacional e achou um monte de rros na história? Então, deixa eu te contar uma coisa.

Sabe esses livros famosos que está na lista dos mais vendidos? Então, não foi apenas aquele autor que trabalhou nele. Tem toda uma equipe envolvida : ilustradores, revisores. Pessoas que são pagas pra fazer uma capa bacana, pra corrigir erros e incoerências, pra melhorar o livro. O autor brasileiro tem que fazer tudo isso sozinho. Ou pagar uma grana preta pra contratar um revisor, um capista, etc. Nada é de graça. Até essa folha amarelada, que faz a leitura ficar mais fácil, custa caro. É por isso ue sempre dou um desconto pro autor brasileiro independente uando eu vejo uma coisa dessas. Não que eu finja que não vi, eu aponto os erros. Mas também não preciso ficar desmerecendo e dizer que foi uma porcaria, sei que foi trabalhoso fazer aquilo. Achou erros? Tenta entrar em contato com o autor, aponte esses erros pra ele. Falando mal, criticando, só vai sujar a imagem do autor. Hoje pode ser ele, amanhã pode ser você.

Mas existem sim livros brasileiros que são excelentes, que chegam a ser tão bons quanto ou até melhores que estrangeiros. Nós, blogueiros literários, estamos aqui pra ajudar os autores e mostrar esses livros pra você. E encerro essa matéria mostrando a capa de uma livro que achei fantástico, brazuca, e estou doida pra comprar. É da Tatiana Durães.

22 comentários:

  1. Olá =)

    Confesso que antes do blog eu tinha certo preconceito com os livros nacionais, porque ou eram clássicos ou eram gêneros que eu não gostava, como os de autoajuda por exemplo. Porém o blog expandiu os meus horizontes, assim como os grupos no Skoob. Depois disso comecei a me interessar pelos nacionais. Apesar de ainda ler poucos se comparados com os internacionais, minha coleção está cada vez maior. O que atrapalha um pouco são os preços altos, isso acaba afastando leitores :/

    Beijos
    http://www.estantedarob.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá flor. Realmente é horrível este preconceito em relação com a literatura nacional. É uma pena porque há autores maravilhosos, que escrevem super bem e cria histórias maravilhosas. Nunca tive esse preconceito até porque desde pequena leio Machado de Assis, quadrinhos da mônica e enfim. Espero que um dia isso acabe!
    Beijos e amei o post.

    ResponderExcluir
  3. Oi Thai! =)

    Eu sempre curti muito livros nacionais e depois que criei o D&B, esse amor só aumentou.
    É triste ver nossos autores sem apoio das editoras. Nós temos autores maravilhosos aqui, é uma pena que haja tanto preconceito.

    Eu amei sua postagem, parabéns!

    Beijos e até! :*

    http://dreams-books-love.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bom?
    Temos que valorizar nossa literatura nacional e acho que a nossa crítica também é uma ajuda para os autores que estão começando. Revisão é algo caro, mas algo importante para um livro porque ninguém merece ler uma história cheia de erros. Eu apoio nossos autores porque sei que eles lançam suas histórias com muito sacrifício e dedicação a literatura.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Thai, nossa que postagem legal!
    Quando eu era mais nova só sabia dos livros clássicos e Paulo coelho e.e sério. Não ouvia falar de livro brasileiro. No meu terceiro ano eu comecei a escrever e depois criei o blog. A partir do blog eu fiquei sabendo sobre os autores brasileiros. E são muitos!
    Realmente é complicado ser um autor aqui no Brasil.
    Quando o meu livro ficou pronto, demorou muito, mas resolvi investir em mim.
    Só esperei para ter resposta de uma editora que me cobrou bemmm caro :/
    Daí preferi ser independente mesmo o/
    O nome do meu livro é Memórias de Julho :D
    Eu tenho o livro da Tati o/ só falta ler.
    Bjs
    www.horadaleitur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Como assim não encontramos com frequência livros nacionais?
    Já morei numa cidade que não tinha livraria e mesmo assim encontrava livros nacionais. Aqui na cidade onde estou no momento, tem muitas livrarias e uma chuva de nacionais... O livro do Cachorro Louco, Leminski, ficou uns três meses exposto na prateleira da saraiva daqui e de outras cidades que visitei, inclusive dos aeroportos. Fora outros autores nacionais. Lembro-me de ter visto um de poesia nacional da Cultura do Recife bem na entrada, da Editora Tordesilhas... Realmente, o autor, em muitos casos, faz tudo sozinho, ou gasta muito dinheiro. Um site me cobrou R$1.500 para divulgar meu livro por 1 dia...
    Que existem livros nacionais excelentes, não há dúvida, entre contemporâneos e clássicos.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei o post! Eu sou incentivadora da Literatura Nacional, nosso país tem muitos talentos. Tenho certeza que tem muitos que gostam de livros nacionais, mas o pré-conceito fala mais alto. Hoje em dia minha estante conta com bastante livros nacionais e me orgulho muito disso. Apoio tanto que fiz um blog voltado para a Literatura Brasileira.
    Um grande beijo!
    Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  8. Olá Thai! Adorei o post. É realmente uma pena mesmo esse descaso que alguns leitores tem com o que é nosso. Eu mesma já li vários, mas vários livros mesmo, que são nacionais e dão de dez em muitos internacionais. O problema é que é aquela coisa né, a maioria dos brasileiros pensa que "santo da casa não faz milagres" e por aí vai...
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Ola´´a
    Adorei o post e super apoio, desde o começo do meu blog, sempre apoiei os nacionais, resenhei e divulguei, não me arrependo pois sempre li alguns melhores que outro, muitos que me deixaram marcas boas, enfim, vale muito a pena ;)

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Na verdade é que há vários tipos de literatura nacional. Sim tem uma que viaja para feiras de livros em Feira do livro de Frankfurt, que expões na Festa Literária de Paraty. Mas acho que não é dessa que você está falando. Há ainda a literatura que vemos na academia. Mas também não é essa que você está falando.
    Entende ande eu quero chegar?
    Talvez você esteja falando de uma literatura que não é avaliada pela crítica, uma que inicia no wattpad. Não sei.

    Bom, adorei o texto, pois me fez refletir sobre tudo isso que coloquei acima.
    Talvez você deveria fazer um outro post abordando todas essas literaturas. E vendo qual a que tem prestigio e qual não tem. São várias instâncias que avaliam toda essa questão do que é e não é literatura. Também daria outro post. rsrsrs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Concordo demais com seu texto! Pouca gente sabe quanto tempo os autores estrangeiros demoraram para melhorar e adequar suas obras, e a maioria nem imagina as equipes de revisores, capistas e assessores por trás deles!
    E tem livro nacional maravilhoso. É só ter a mente aberta para novidades!
    Beijo!

    http://www.diarioquaseescritora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oie
    Acho que o Brasil já cresceu bastante em questao de leitura, antes eramos muitos poucos, mas agora estamos crescendo e melhorando
    O problema é qe muita gente reclama do que conquistamos, porque por mais que nao conseguimos ver esse crescimento, ele existe
    Super beijos
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  13. Realmente, os best sellers são os mais vendidos justamente pelos motivos que você citou. Atualmente o mercado da literatura está vasto de livros bons e desconhecidos, nós como blogueiros temos o dever de difundir essa literatura tão boa no nosso meio literário!

    http://ocasulodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Devo discordar quanto a não encontrar livros nacionais, o espaço dedicado a eles ás vezes é pequeno, mas existe. Aqui em Campinas inclusive um livraria fez até uma árvores de natal com livros nacionais, e sempre os encontro expostos.
    Claro que existe a dificuldade na publicação, mas aos poucos es´tá melhorando.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  15. Adorei sua postagem Thai! Acho super importante quem tem um blog literário dar ênfase nesse assunto, pois talvez a divulgação dos livros nacionais esteja realmente aquém da divulgação que as editoras fazem dos gringos e isso atrapalha muito! E sim, existe muito preconceito ainda, principalmente dos leitores que não estão muito envolvidos na blogsfera, eu acho. Tenho a impressão que ter um blog acaba ajudando a abrir a mente das pessoas em relação aos autores nacionais.
    Espero que isso continue melhorando! :)

    ResponderExcluir
  16. Eu tenho orgulho de ler livros nacionais, leio de 1 a 2 por mês. É pouco em comparação aos que leio no mês, mas muito em relação a muita gente que torce o nariz para nossos autores.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Adorei o post. Infelizmente há muito preconceito contra livros nacionais mesmo, e publicar no Brasil é muito caro e dá muito trabalho.
    Sobre os erros, tenho que dizer que já vi vários (alguns bem grotescos) em livros estrangeiros publicados no país por grandes editoras. Ou seja, mesmo com toda uma equipe por trás, humanos são humanos e falíveis. Então, imagina no caso do autor nacional, que, como você colocou muito bem, faz tudo sozinho.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu acho super triste a realidade dos autores nacionais, é super difícil para eles publicarem o livro e quando publicam se torna difícil também conseguir divulgar o livro, pois como você falou, as editoras não divulgam tanto os nacionais, pois os leitores se interessam mais pelos livros de estrangeiros, o que é uma pena, porque tem muito nacional maravilhoso. Enfim, achei bem bacana esse post, ele nos faz refletir um pouco e discutir sobre o assunto kkk

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Ola lindona eu leio muitos livros nacionais e temos talentos maravilhosos, Vejo muitos autores que fazem tudo sozinho, capa, revisam, divulgam, é muito difícil para eles. Vejo muito vezes autores ralando tanto e não são reconhecidos. Uma pena. Devemos valorizar nossos talentos nacionais.
    Bjos

    Joyce​
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  20. A primeira coisa que tenho a dizer é parabéns!!!! Eu concordo com sua fala. Nosso país não investe no seu povo. E isso é muito triste. Pois vemos as consequências em várias áreas da nossa sociedade e a educação é a principal delas. Pouco educados, pouco trabalho.

    Lindo mesmo teu texto!
    Abraços!

    Vanessa Vieira
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  21. eu leio muitos livros nacionais por indicação,
    as nas livrarias eles não tema as mesmas exposições e lugares de destaque quanto os outros

    ResponderExcluir
  22. Hey, tudo bem?

    Realmente, os livros nacionais não tem nem mesmo um terço da atenção e cuidado que os estrangeiros recebem em uma livraria, o que por si só já é uma pena enorme. Mas o pior são mesmo as editoras. O autor tem que dar seu jeito de conquistar o seu público sozinho para só depois ser considerado pelas editoras nacionais.

    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

Sobre Nós

Blog literário criado por Thainá dos Santos e administrado com a colaboração da Emily Araújo.

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *