Siga @katherslynne

25 de fev de 2015

Resenha : Inocência e Pecado

Resultado de imagem para inocencia e pecadoTítulo :  Inocência e Pecado
Autora : Anne Mather
Gnênero: Romance Histórico
Editora : Nova Cultural
Páginas : 179



Catherine é uma mocinha que está a um ano e meio morando num convento. Isso porque o país está em guerra, e seu pai foi morto no meio dela. Foi salva da morte por Armand, um famoso médico, e graças a ele se encontrava ali, vivendo como uma freira.

Por conta de algumas circunstâncias, eles acabam se reencontrando, o que desagrada a Madre Superior. Afinal, é proibido freiras terem qualquer contato com homens. E por causa desses encontros inocentes, que visavam salvar pessoas, a ficha de Cathe acaba ficando suja por ali.




Depois de um tempo, Armand acaba invadindo o convento e contra Catherine numa situação ruim. Com raiva, ele a "sequestra" de lá e a leva para sua casa. E a história vai girando ao redor disso : a guerra do país, o envolvimento de Armand nela, os segredos que ele esconde, a morte do pai dela, e a teimosia dos dois em negarem seus sentimentos.

O livro tinha tudo pra ser espetacular, mas não foi. A começar pelas mudanças de comportamento da protagonista. Acredito que a autora quis mostrar um amadurecimento da parte dela, mas falhou. No convento, ela mal podia avistar o médico que ficava parecendo um tomate. Na casa dele, ela está quase implorando pra que ele... Vocês devem imaginar. Não estou dizendo que ela pulou do 1 para o 10, mas faltou mais naturalidade nisso, achei a mudança de comportamento dela forçada demais.

Outra coisa que não gostei foi a bipolaridade dos protagonistas. Uma hora ele nem olha pra ela. Na outra, ta na cama em cima dela. Numa hora, diz que eles nunca poderão ficar juntos, por conta da diferença de idade e outras coisas. Na outra, ta beijando ela e declarando amor.

E essa coisa de "ah, eu não quero", "ah, mas eu quero". Acredito que se a autora tivesse usado palavras, frases melhores, não ficaria ruim.

Eu fiquei bem confusa quanto ao século em que a história se passa. Ao mesmo tempo em que parece ser um romance histórico, você percebe coisas que não tem muito sentido ali. Objetos, medicamentos, que não acredito que existiam até o século 19, 20. Mas deixa em off ne...

Contudo, mesmo com esses defeitos textuais que achei, a autora acertou em cheio em outros pontos. A vida no convento, o nome e as mudanças de cenário e lugares, achei isso bem interessante. Não leria o livro d enovo, mas valeu a pena conhecê-lo.


16 comentários:

  1. Lia muito esse estilo na adolescência, depois fui mudando o foco. Já vi o livro e ele não me agrada muito. Também como você, não leria novamente, mas...
    Na verdade, não cheguei ao fim do livro.
    Gostei de sua resenha, tratou de alguns pontos que eu concordo. quanto a instabilidade na relação dos protagonista, se rola ou não, é comum isso acontecer, por incrível que pareça... Mas, como você, fico sem paciência...
    http://poesianaalmaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. O livro tem cara daqueles que tem em mercado pra mamãe fantasiar um pouco, estou certa? Prefiro estar errada. O livro não me chamou a atenção nem um pouco, e pelo visto você também não gostou muito. Mesmo assim boa resenha (ao boa, me refiro que você realmente fala o que pensa do livro ao invés de nos mandar para uma armadilha pra gente comprar ele)

    Abraços

    https://primaverei.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Eita, Thai! Não leria esse livro nem que me pagassem. Eu já não curto romances, agora imagina um clichê e com tantas contradições? Não, obrigada! Não tem nada a ver comigo o tipo de leitura. Mas no geral o enredo é bom, só quem não o parece ser é a autora...
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Gostei da sua resenha.
    Realmente pela história tinha tudo para ser bom.
    Eu adoro romances de banca e principalmente historicos, mas esse acho que eu nao leria!

    Beijos
    Carolina
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nunca li esse tipo de livro, mas nem quero ler. A história totalmente não me convenceu. Não gosto dessa manha de "quero-mas-não-quero", acho que isso limita demais o enredo e tudo começa a girar em torno dessa indecisão. Gosto de romances hot, mas aqueles de época, que tenham realmente uma história consistente.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Gosto de romances rápidos, ainda mais os históricos, mas não leria esse porque ficaria bem irritada com as incoerências que você falou, dos objetos e medicamentos..
    Beijo.
    doisdedos-deprosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Thai.

    Não tenho o costume de ler esse tipo de livro. Acho que a maioria é nesse "chove não molha"que você falou. Não quero, mas amo e estou aqui e por aí vai. Acho que não faria essa leitura.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Participe: Sorteio

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem?
    Nossa, já li tantos livros do gênero, e assim como esses também tinham tudo para ser melhores...
    Acho eles ótimos para uma leitura rápida...
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Ah, sei lá, mas eu não leria. Não gosto destes "romances de banca" cheios de clichês e melosos demais. Só a capa deste livro já me causou aversão, rs... Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, não me interessei pelo livro, logo no começo da resenha eu curti, mas depois com o que você disse me desanimou ç.ç

    ResponderExcluir
  11. Uma pena quando os autores bobiam nas palavras né?
    Não gosto de livro com muita enrolação e que os personagens não sabem o que querem.
    Boa crítica!

    ResponderExcluir
  12. Oi gostei muito da sua resenha mas tem um pequeno problema que é que eu não gosto de romance de banca, então infelizmente não leria esse livro mesmo adorando romances :/

    Beeeeeijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Vamos combinar que a capa também não combina muito com um romance de época, já começa daí o problema pelo visto.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  14. Já não gostei da capa e não gosto dos livros do gênero da editora dos livros. Principalmente a premissa que achei tão fútil, devo confessar. Realmente não leria, principalmente por perceber que a personagens é uma personagem com a cabeça oca, mas ok.
    Beijos, sucesso.
    Gostei da resenha <3.

    ResponderExcluir
  15. Oi Thai! Eu sou uma enorme fã de romances históricos (como você pode perceber ao ler meus posts no blog kk) e sou louca por essas coleções da Harlequin. Ás vezes me irrito também com essas mudanças repentinas de personalidade, mas quando no geral é uma boa história eu acabo tentando ignorar sabe... Enfim, amei sua resenha e apesar de não ter te agradado tanto eu ainda fiquei bem curiosa :)
    Abraços

    www.dezenoveprimaveras.com.br

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.