Blogueira literária, apaixonada por livros, filmes, séries e outras coisinhas da cultura nerd. Responsável pelo projeto F.A.L.E. e pela revista Jovem Geek. Autora no Nyah, Spirit e Wattpad. Auxilia na revisão de originais e suporte a autores iniciantes.

14 de fev de 2015

Resenha : Eu é um outro


SINOPSE: A primeira narrativa juvenil do autor Hermes Bernardi JR. O autor criou um relato consistente e denso, por vezes fragmentado e dissolvido, que rompe seu silêncio na primeira sessão de terapia de Edu. No reservado do espaço, onde apenas seu terapeuta pode ouvi-lo, Eduardo solta seus pensamentos em profusão, em ordem desconexa, um turbilhão, muito comum nesta fase da vida, quando perguntas buscam respostas e algumas dúvidas naturais desejam ganhar forma de personalidade.

 Título: Eu é UmOutro
Autor(a): Hermes Bernardi Jr.
Editora: Edelbra
Nº páginas: 80






MINHA OPINIÃO: 


Eu particularmente achei muito confuso no começo da historia, a ideia de ler um livro sem capítulos e travessões, não me agradou muito! E como e um livro poeticamente delicado e retalhado, às vezes você precisa ler mais de uma vez para entender a trama da história.


O Eduardo e um personagem muito cativante, um garoto diferente dos outros, cheio de dúvidas, que conta uma bela e difícil historia do passado. A trama se passa em um consultório de psicologia, onde Edu conta ao doutor sobre suas aventuras e obstáculos, de como e amar! Mas não qualquer amor, digamos que um amor meio que “estranho” ao ver dele e das pessoas que estão ao seu redor, Edu vai descobrindo aos poucos que tudo e uma questão de convivência para derrubar seu muro de espinhos que ele fez sobre si. 



Eu recomendo esse livro para todos! Para mim foi um desafio, e bem, agora desafio você a lê-lo. E um livro bem fininho, em questão de minutos a cativante historia de um menino cheio de duvidas acaba. E um lindo livro da editora edelbra, tem uma capa muito linda que combina com a historia, Eu realmente amei esse livro! Acho que o Edu e um verdadeiro caso de garoto poesia!





















                                                                                                                                                                ...Emily Mota Araújo

12 comentários:

  1. Ai, que coisa mais fofa! Adorei essa foto! Eu tô pegando o gosto pelo poético e acho que, se a temática é essa, não acho ruim não ter muitas "regras", sabe? Acho que quanto menos regras tiver, mais poético fica! O mais legal é que cada leitor pode entender os fragmentos de um jeito diferente e levar para si uma lição diferente. Fiquei realmente encantada! Vou anotar num dos meus milhões de pedacinhos de papéis perdidos pelo meu quarto e, quando tiver dinheiro, vou comprar! :D Adorei essa capa! Adoro coisas simplistas, sinto uma ligação muito forte!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Que capa linda e que proposta interessante! Realmente gostei do que vi, mas não entendo como toda a história pode ser desenvolvida em tão poucas páginas. Dei uma lida no trecho que há na imagem e concordo que parece confuso, mas uma confusão intrigante, boa, sabe?
    Sabe que essa exposição dos sentimentos do menino me lembrou um pouco As Vantagens de Ser Invisível? Como tenho um carinho infinito por esse livro logo simpatizei com Eu é um outro.

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
  3. Titulo meio confuso, não? huahua :s O livro de certa forma mostra a psicologia e isso já me conquistou. Gostaria de saber que ''estranho'' amor é esse. Estou imaginando algo mas não sei se é realmente isso.
    Ler um livro sem travessões e capitulos deve ser mesmo muito confuso. Só pela foto já deu pra perceber. Mas senti curiosidade de lê-lo e vou fazer isso quando eu terminar de ler os outros pendentes. Confesso que sua resenha fez com que eu me sentisse tentada a ler esse livro.
    Beijinhos.
    http://ressacamusiliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá =)

    Não fiquei interessada nesse livro, não sei. Não me cativou. Ando seletiva demais ultimamente. Apesar de lembrar um pouco "As Vantagens de Ser Invisível" que eu amei, esse me deixou com um pé atrás pela ausência de travessões. Não sei. Quem sabe mais para frente né?!

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    EU SIMPLESMENTE AMEI A CAPA DESSE LIVRO! A história parece que vai se conectar muito comigo, de verdade. Só por se tratar de psicologia e por tratar de um livro totalmente fora dos padrões, fez com que eu me encantasse totalmente.
    Eduardo parece ser um tanto quanto confuso, mas cheio de pensamentos grandiosos.

    Beijos literais,
    Luiz Henrique (Luke)
    instanteliteral.com

    ResponderExcluir
  6. Nossa, achei o livro bem confuso HAHAHA Não sei se me adaptaria muito bem, mas admito que fiquei muito curiosa e, por ser fininho, acho que vou me arriscar pra poder ter a minha própria opinião sobre a obra :)

    Beijosss
    http://bookspoison.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Parece ser um livro muito bom , apesar da capa não ser muito convidativa. Gosto muito de livros juvenis esse é bem curtinho né, só 80 paginas, daqueles livros que você devora em um só fôlego. Ficou muito boa sua resenha de opinião, já estou segundo e curtindo o blog.
    Um beijo.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Olha, eu sou completamente apaixonada por esse tipo de livro! Eles são tão singelos, mas ao mesmo tempo tão complexos... É um desafio entender por completo o personagem e os acontecimentos, principalmente por precisar de uma boa sensibilidade. Coisas poéticas são muito mais bonitas que as outras. E geralmente são pequenininhas mesmo: qualidade supera quantidade.
    O que posso dizer da sua resenha? Me deixou louquinha pra ler Eu é um Outro! As fotos da capa e da ilustração também, estão lindas!
    Muito obrigada pela indicação, tenho certeza que se eu conseguir ler vou adorar!
    Beijinhos, Amanda.
    www.expressodenarnia.com

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Parece bem interessante o livro!
    Amei essa capa!
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Acho que a palavra certa pra esse livro é realmente desafio, e vou ser sincera que não sei se aceito, rs. Eu tenho uma resistência gigantesca a poesias, então já começaria o livro com os dois pés atrás. Mas a diagramação parece ser mesmo incrível, apesar de diferente.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Não tinha ouvido falar do livros, mas pela sua resenha vi que não faz muito meu estilo de leitura, mas como você falou em desafio, então talvez eu entre nessa e acabe lendo o livro...

    beijos
    colecionando livros

    ResponderExcluir
  12. O livro parece ser bem interessante, tinha visto comentários de outros blogueiros e pelo visto gostaram bastante! Também achei essa capa linda ;)
    Beijos,
    http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

Sobre Nós

Blog literário criado por Thainá dos Santos e administrado com a colaboração da Emily Araújo.

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *