Blogueira literária, apaixonada por livros, filmes, séries e outras coisinhas da cultura nerd. Responsável pelo projeto F.A.L.E. e pela revista Jovem Geek. Autora no Nyah, Spirit e Wattpad. Auxilia na revisão de originais e suporte a autores iniciantes.

26 de dez de 2014

Resenha : Mate-me Quando Quiser

Pela primeira vez em muito tempo, um livro me chamou a atenção pela sinopse. 

Mate-me quando quiser

Sinopse


Decidindo que sua vida deveria chegar ao fim, mas sem coragem de cometer suicídio, uma mulher contrata Soares, um matador de aluguel. Resolve que sua morte acontecerá na bela cidade de Barcelona, e para isso envia ao seu futuro algoz a passagem de avião e o endereço de onde ficará na Espanha. Ele deverá matá-la no prazo de quatro meses, quando for mais conveniente. Junto com o pagamento, manda também uma foto sua, para que ele saiba quem ela é. Mas ela não quer saber como é a aparência de seu matador. O destino, porém, nem sempre cumpre à risca os planos que costumamos traçar para ele.


                                         Páginas: 248

 Editora : Gutenberg

Edição: 1



Clique na imagem para ampliar. Palavras sem /ç/ ou acento nao foram aceitas na fonte

O livro foca na história de uma mulher que encomendou a própria morte. Na minha cabeça, eu tinha um roteiro pronto e achava que tinha deduzido como seria a história e seu final.Como me enganei.

A autora, Anita Deak, tem uma forma de escrever que fascina. Ela consegue prender o leitor página após página, e é praticamente impossível parar de lê-lo depois que se começa. Mate-me Quando Quiser vai fazer você ficar se perguntando. "Como? O que? Por que?".

Os personagens me cativaram. O Homem, a Mulher, a Morena, a Loira, Soares. Não sabia o que pensar ou como me sentir diante deles. Pena? ódio? Compaixão? Raiva? Até agora não me decidi. Enquanto lia, fiquei me perguntando e pensando nos mais diferentes desfechos. Achei incrível o fato de um simples gesto ou ato mudar não só a vida de um personagem, mas a de todos a seu redor.

Mate-me Quando Quiser é a prova viva de que existem ecelentes livros nacionais sim, e que eles chegam a ser melhores que certos livros estrangeiros. Esse livro pode ser usado para calar a boca de quem critica a escrita, a história, os personagens de uma obra criados por brasileiros. Conversei com a Anita (sim, agora sou uma fã declarada dela) e ela disse que vai lançar outros livros ano que vem. Mal posso esperar para ler! Esse é o livro que você precisa ter na sua estante, e tenho certeza que os próximos dla serão tão bons quanto esse.





5 comentários:

  1. Adorei a resenha! Bacana essa temática diferente! Vou procurar e ler esse livro. :DD

    ResponderExcluir
  2. Eu queria escrever umaa Fanfic com essa sinopse (Eu amei de paixão,vou procurar esse livro) ❤❤

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

Sobre Nós

Blog literário criado por Thainá dos Santos e administrado com a colaboração da Emily Araújo.

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *