Blogueira literária, apaixonada por livros, filmes, séries e outras coisinhas da cultura nerd. Responsável pelo projeto F.A.L.E. e pela revista Jovem Geek. Autora no Nyah, Spirit e Wattpad. Auxilia na revisão de originais e suporte a autores iniciantes.

17 de dez de 2014

Resenha - Amante Sombrio

Lendo uma matéria sobre personagens literários possessivos e ciumentos me deparei com a série Irmandade da Adaga Negra. Enrolei durante muito tempo, mas finalmente criei coragem e peguei pra ler para a #MaratonaLiteráriaToDeFérias.

Quem me conhece sabe o quanto sou apaixonada por histórias que envolvam vampiros, romance e aquela possessividade e ciúmes em personagens. Irmandade da Adaga Negra tem tudo isso e um pouco mais.

"Bem vindo ao maravilhoso mundo do ciúme. - pensou. - Pelo preço de sua entrada, obtém uma maldita dor de cabeça, um desejo quase irresistível de cometer um homicídio e um complexo de inferioridade. Viva!"




Existe uma guerra entre vampiros e lessers, e tem um vilão chamado Ômega. Confesso que essa guerra que ocorre nem me prendeu tanto, o que me fez continuar a leitura foi os romances. Existe essa sociedade de vampiros que estão designados a proteger sua raça da aniquilação total, e cada livro se foca em um desses guerreiros.


O primeiro livro da série é Amante Sombrio, que fala de Wrath. Ele é o vampiro de raça mais pura dentre os que povoam a terra e possui uma dívida pendente com os assassinos de seus pais. Ao perder um de seus mais fiéis guerreiros, que deixou orfã uma jovem mestiça,  não lhe resta outra saída senão levar a bela garota para o mundo dos não mortos.



Beth Randall, completamente ignorante de sua herança e de seu destino, não faz ideia de quem é. Traída pela debilidade de seu corpo, se vê impotente em tentar resistir aos avanços de Wrath. Desconhecido, incrivelmente atraente, ele mexe com ela com seu jeito perigoso e irresistível. Envolto em sombras, ele a visita todas as noites, e suas histórias sobre a Irmandade a aterrorizam e fascinam. Seu simples toque faísca,  criando um fogo que consume a ambos.

Em matéria de vingança, não havia outro como Wrath, e ele caçava seus inimigos de maneira tão obcecada que beirava a insanidade. Era o último de sua linhagem, o último vampiro de sangue puro que restara no mundo, e, embora sua raça o reverenciasse como rei, ele desprezava tal posição.

Wrath é o rei dos vampiros, mas detesta e rejeita esse cargo.Beth é uma jovem jornalista que não se sente bem em seu mundo. Ela não está feliz com seu emprego, não se sente atraída pelos homens que a rodeiam e se sente fora dos eixos. Tudo muda quando esse rei, enorme e musculoso, aparece em sua casa.

O tipo de homem ideal para um encontro,pensou ela.Um vampiro gigantesco e temperamental.

"Um grunhido gutural vibrou através de seu peito e saiu por sua boca.
Ela é minha."

Recomendo esse livro pra quem gosta do gênero e em breve trago resenhas dos outros.

12 comentários:

  1. Eu acho que o que me atrairia no livro seria justamente a parte que não te atraiu Thai! Hehehehe
    Essa parte da guerra e tudo mais! De romances sobrenaturais tou um pouquinho saturada já.
    Ótima resenha!

    Samara - Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  2. Queria muito dizer que o livro me chamou a atenção, mas, infelizmente, quero distância desse gênero. Ando lendo uns livros tão ruins sobre vampiros que larguei de mão.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Não costumo ler este gênero mas pela sua resenha até que me parece engraçado. É muito estilo erótico? Ou é uma história mais para o romântica? De qualquer maneira, acho que todas adoramos um homem com um historial que o faça duro na superfície mas fofo quando ganha confiança :D

    http://theliterarybusiness.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. A história não me atraiu muito :( Acho que até gostaria da parte da guerra, mas não sei se me apegaria aos romances presentes no livro. De qualquer jeito, acho que só lendo pra saber :)

    Beijosss
    http://bookspoison.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não curto muito os possessivos. Já tinha ouvido falar de Irmandade da Adaga Negra, mas não sabia sobre o que se tratava. A história parece interessante.

    primaverei.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Olha, não curto muito vampiros nem romances, acho que essa história não é para mim. Mas pelos trechos que você selecionou, a escrita parece boa.


    http://leitoresforever.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Já ouvi falar muito desses livros, mas não me interessei infelizmente, além do mais to tentando fugir um pouco dos vampiros!
    http://cheireiumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem?
    Eu adoro a IAN!
    Amei Amante Sombrio!
    Amante Eterno então nem se fala! É perfeito!
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Sou louca por essas histórias de vampiros. http://vihpaula.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá amore, que bom que tenha gostado da obra... Mas infelizmente não me agradou, a premissa achei muito "bizarra" digamos assim e não gosto de personagens possessivos kkkkkk. Never, never u.u kkkk
    Mas, parabéns pela resenha.
    Beijos, sucesso!

    ResponderExcluir
  11. Eu sou outra viciada em vampiros!!! Ainda não tive a oportunidade de conhecer essa serie mas tenho muita curiosidade :)
    Adorei sua resenha , vou aguardar as próximas sobre os demais livros :)

    Www.dezenoveprimaveras.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu não curto ciúmes e possessão na vida real, mas gosto em alguns livros, quer dizer, tudo depende da forma como o autor mostra essas características no personagem.
    Já ouvi falar desse livro (é claro), no entanto nunca me senti tentada a ler, mesmo após ler sua resenha. Sua resenha não está ruim, longe disso, só acho que a obra não iria me agradar. Curto vampiro (muito), mas esse livro não me fez ficar curiosa.

    Espero que você curta o resto dos livros da série.

    Beijos,
    Karina do blog Eu e Minha Cultura.

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

Sobre Nós

Blog literário criado por Thainá dos Santos e administrado com a colaboração da Emily Araújo.

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *